quarta-feira, 14 de outubro de 2015

O Torcicolo

O Torcicolo

"O Torcicolo é uma contração espasmódica dos músculos do pescoço que obriga a cabeça a inclinar-se e rodar para o lado não afetado.

As contrações musculares induzidas pela dor (espasmos), impedem o alongamento até que ela possa ser aliviada por medicamentos ou outras modalidades terapêuticas. Os pacientes, comumente, falham em suas próprias tentativas de alongar o pescoço lateralmente ou pela rotação, fato que seria necessário concretizar-se.

Uma técnica segura para o alongamento do pescoço é o paciente deixar cair passivamente sua cabeça para frente, de modo que o queixo chegue ao tórax, depois, rolar a cabeça, procurando tocar os ombros com as orelhas.

O occipital gira em direção às costas enquanto o queixo pende para o lado do ombro oposto e volta novamente para o tórax. Repetem-se duas vezes em cada direção. Este exercício deve ser realizado com o pescoço inteiro e o dorso relaxado o mais possível. È melhor ser feito na posição de pé, mas o paciente será alertado que podem ocorrer vertigens".

Os exercícios de estabilização rítmica são usuais em torcicolos agudos, assim como nas condições cervicais dolorosas crônicas, onde os movimentos da musculatura tensa aumentam a dor e impedem os movimentos.

A cabeça do paciente é apoiada nos dois lados pelas mãos do fisioterapeuta e cuidadosamente virada para o lado da dor, o máximo que o paciente suportar.

Orienta-se o paciente para contrair os músculos do lado doloroso tentando empurrar a cabeça contra a mão do fisioterapeuta o mais forte possível. Esta relação isométrica é mantida durante dois ou três segundos e depois é relaxada. Durante a soltura, a cabeça é rodada lateralmente e depois flexionada, para permitir o relaxamento muscular, e, após o repouso de alguns segundos, o processo é repetido. Continua-se até o estiramento máximo ser conseguido. O processo inteiro é então realizado em direção oposta com o intuito de inibir uma contração muscular dolorosa que cause limitação do movimento amplo.

(Artrite - Medicina física e Reabilitação - Robert I. Swezey)


Nenhum comentário:

Postar um comentário