quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Preferimos mesmo o nosso nadador com fome sobre o bloco de saída

Preferimos mesmo o nosso nadador com fome sobre o bloco de saída

Muitos são os técnicos que preferem, e nós também, que a alimentação antes da prova seja rica em carboidratos, pela facilidade de digestão. Nós preferimos nosso atleta com o estômago vazio, que alimentado por lanches batatas "chips", refrigerantes e outros tipos de "engana estômago", que são comumente vendidos em dia de competição.

Se você nadar sábado, sua energia virá, possivelmente, do que você comeu na quarta ou quinta feira, juntamente com a dieta alimentar que está submetido, mas jamais você terá energia do que comeu no meio dia.

"Preferimos mesmo o nosso nadador com fome sobre o bloco de saída, a ponto de inpacienter-se e se concentrar com toda força sobre sua perfórmance".

São palavras de Frank Addlemen que nos têm servido como guia.

Se alguém nadar pela manhã, uma prova, procure beber suco de laranja e pense neste dia em não comer muito.

Um problema que sempre temos que resolver é a alimentação para o treino daqueles que realizam trabalho duas vezes por dia, que normalmente não podem alimentar-se antes, por não terem tempo de digestão e não o fazem depois porque têm que ir para a escola, e, como não podem ficar sem alimento, vão para os lanches de bar ou trazidos de casa, relaxando sua dieta alimentar. Um suco de laranja ou um copo de qualquer complexo de frutas com rosquinhas, é o suficiente para antes do treinamento, e procurar dar tempo para uma alimentação saudável, após o trabalho, em caso de dificuldade de tempo, um copo de vitamina (frutas e legumes), acompanhando pão, queijo, ovo e presunto, mesmo dentro da condução que o leva para a escola, estará iniciando uma boa refeição. O atleta deverá ter lanche próprio para comer durante o intervalo escolar, para evitar que vá em busca de lanches rápidos dos bares internos ou próximos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário